meistudies, 6º Congresso Internacional Media Ecology and Image Studies - A consolidação dos seres media

Tamanho da fonte: 
A TEORIA DE MARSHALL MCLUHAN APLICADA AO ESTUDO DA REALIDADE ESTENDIDA
Anna Cláudia Bueno Fernandes

Última alteração: 2023-10-22

Resumo Expandido (Entre 450 e 700 palavras)


Realidade Estendida (XR) é um termo recente, que compreende as tecnologias da Realidade Virtual (RV) e da Realidade Mista (RM). Essas novas tecnologias buscam a imersão total das pessoas em mundos digitais ou a hibridização do mundo físico com o virtual, por meio do uso de óculos e outros equipamentos eletrônicos capazes de produzir sensações no corpo humano. Com a Realidade Estendida, surge um (relativamente) novo meio de comunicação, ou novos meios, que, com a sua modernização, se tornam cada vez mais acessíveis às pessoas. Voltando-se às bases da Teoria da Comunicação, este artigo propõe a análise da Realidade Estendida a partir da teoria de Marshall McLuhan (1979) sobre os meios de comunicação, na tentativa de se estabelecer como ela estende o corpo humano, como está relacionada aos nossos sentidos e quais são os seus efeitos na sociedade.

Marshall McLuhan foi um teórico da mídia conhecido por seu trabalho sobre os efeitos da mídia na sociedade. O autor argumenta que cada nova tecnologia cria um novo ambiente humano, alterando nossa maneira de viver, perceber o mundo e nos comportar. Ele destaca que a mensagem de um meio ou tecnologia é mais importante do que seu conteúdo, pois são os formatos introduzidos que afetam nossa percepção e nossos sentidos. McLuhan (1979) afirma que os meios de comunicação são extensões do corpo humano, e cada sentido tem suas características específicas. O autor analisa os efeitos de outros meios, como a imprensa, o telefone, o rádio e a televisão, destacando suas influências na sociedade. Atualmente, estamos na era elétrica, em que a tecnologia elétrica, como computadores e internet, está mudando a forma como nos comunicamos e a maneira como percebemos o mundo.

A Realidade Estendida é uma extensão da era elétrica, que cria um novo campo de eventos interconectados. O conjunto de tecnologias da Realidade Estendida desponta como uma tecnologia de destaque, que aproxima o mundo físico do mundo virtual. Enquanto a Realidade Virtual utiliza dispositivos de cabeça ou ambientes multi-projetados para criar um ambiente virtual que simula uma presença física, a Realidade Mista combina elementos virtuais e físicos, permitindo que objetos virtuais sejam levados para o mundo físico e vice-versa. A Realidade Aumentada (RA) é a forma de RM que busca aprimorar a realidade física com elementos virtuais. A RV e a RM têm aplicações em diversos setores, mas sua adoção ainda é inconstante. No entanto, com empresas como o Facebook investindo nessa tecnologia, espera-se um impacto significativo no futuro.

A XR amplia os sentidos humanos e transforma nossa percepção do mundo, representando um meio de comunicação que amplia e aprimora nossas habilidades e percepções naturais. As tecnologias de XR, por meio de dispositivos como headsets e luvas hápticas, permitem experiências sensoriais imersivas, criando uma camada adicional de interação com o ambiente virtual. A RV proporciona uma experiência de imersão total, enquanto a RA "computadoriza" o corpo humano, possibilitando a interação com elementos digitais no mundo físico.

A Realidade Estendida está em constante evolução e tem o potencial de transformar nossos hábitos e comportamentos. A popularização da XR depende da demanda gerada, mas seu impacto a longo prazo ainda é incerto. O ritmo acelerado das transformações tecnológicas e a otimização dos dispositivos para se adequarem ao corpo humano ainda são desafios a serem enfrentados. A adoção em massa da XR ainda é incerta, e é importante observar de perto essas novas tecnologias, independentemente de se tornarem meios consolidados de comunicação ou inovações passageiras. Entretanto, a capacidade da XR de estender os sentidos humanos e sua convergência com outras tecnologias a tornam potencialmente transformadora.

Este estudo analisou a Realidade Estendida como meio de comunicação em desenvolvimento, considerando sua imersão e computadorização das capacidades humanas, a partir do modelo teórico de McLuhan (1979).  A obra do autor teve um impacto significativo nos estudos de mídia e na compreensão da relação entre tecnologia, mídia e comportamento humano. Sua teoria auxilia na compreensão dos efeitos da tecnologia nos sentidos e como isso pode transformar a existência humana. Embora não forneça respostas definitivas, buscou-se contribuir para o debate sobre os efeitos das mídias, um tema fundamental na era das novas tecnologias.

Referências
McLuhan, M. (1979). Os meios de comunicação como extensão do homem. Editora Cultrix.

Palavras-chave


Comunicação; Marshall McLuhan; Realidade Estendida; Realidade Virtual; Realidade Mista

Texto completo:

PDF - pt