meistudies, 6º Congresso Internacional Media Ecology and Image Studies - A consolidação dos seres media

Tamanho da fonte: 
Interações sem fronteiras: a superficialidade da instantaneidade nas relações humanas.
Guilherme Coleti Tavares, Osvando José De Morais

Última alteração: 2023-10-25

Resumo Expandido (Entre 450 e 700 palavras)


Resumo expandido.

Introdução: Do neandertal ao nativo digital as interações se modificaram e evoluíram. Na atualidade, com a expansão da internet e sua virtualidade, as fronteiras interacionais se retraíram devido ao ciberespaço (Lévy, 1999).  As conexões e o estreitamento das relações entre os indivíduos sociais foram facilitadas, ampliando seus diálogos entre diferentes pessoas do mundo contemporâneo, com as suas mais diversas culturas e hábitos sociáveis. Neste contexto, o forjamento das diferentes redes sociais no cotidiano humano possibilitou a constituição de novas formas de convivências sociais baseadas no âmbito online. No entanto, as relações criadas e desenvolvidas na virtualidade obtiveram um impacto direto no convívio físico dos usuários destas mídias e, principalmente, na estabilização e continuidade de relações a longo prazo devido a instantaneidade estabelecida pelas interações digitais.

Metodologia: Para cumprir os objetivos deste trabalho, optou-se por utilizar o estudo de caso de caráter exploratório, adotando procedimentos hermenêuticos de análise como interpretação e entendimento (Gadamer, 2005), realizando leituras aprofundadas em torno das relações desenvolvidas, no âmbito das interações no núcleo virtual e midiático. Diante disso, a teoria da cultura da conexão e a modernidade líquida (Bauman 2001) será discutida no contexto de uma sociedade intrinsicamente conectada no espaço físico e virtual.

Resultados: É necessário salientar que a tecnologia estreitou e ampliou a conectividade entre as pessoas e proporcionou uma nova percepção no desenvolvimento das relações e da sociedade em rede (Castells, 1999) entretanto, o seu impacto no âmbito físico pode gerar incongruências na revelação de uma nova formação e duração entre os convívios físicos dos seres sociais, impactando diretamente o comportamento e abordagem diante de diferentes interações. Diante disso, a digitalização e virtualização das interações desenvolvidas nas redes sociais são um fator interligado na construção de um novo SER interacional.

Discussão: As redes sociais desempenham um papel de extrema importância na sociedade, o processo tecnológico e a evolução da mídia possibilitou a criação de diferentes redes sociais com suas mais diversas propostas de interação, baseadas em várias junções como imagens, texto, áudios, reações, ou seja, as diferentes combinações inseridas por esses meios digitais proporcionaram uma nova narrativa no estabelecimento de novas interações, em que se tornou ainda mais possível a troca de ideias, referências e compartilhamentos de diversos conteúdos, em um curto espaço de tempo, fator esse que coincidiu no desenvolvimento da instantaneidade das relações humanas.

Conclusão: As redes sociais desempenham um papel fundamental na elaboração e na continuidade das relações humanas, entretanto, o seus diferentes atributos e funcionalidades estão se atualizando de maneira mais rápida, gerando um impacto na maneira como o usuário utiliza essa mídia, logo o SER que interage no digital tem a necessidade de acompanhar a evolução tecnológica e suas atualizações em curto prazo, criando um nível de instantaneidade na sua forma de lidar com o mundo físico e interferindo de forma direta nas interações formalizadas no âmbito físico social.

Palavras-chaves: Ciberespaço, instantaneidade, interação, mídias digitais e redes sociais.

Referências

Bauman, Z. (2001). Modernidade líquida. Zahar.

Castells, M. (1999). A sociedade em rede. Paz e Terra.

Gadamer, H. G. (2005). Verdade e Método. Editora Universitária S.Francisco.

Lévy, P. (1999). Cibercultura. Editora 34.

Mcluhan, M. (1964). Os Meios de Comunicação Como Extensões do Homem. Cultrix.

Thompson, J. (2018). A interação mediada na era digital. Matrizes.


Palavras-chave


Ciberespaço; Instantaneidade; Interação; Mídias Digitais; Redes Sociais.

Texto completo:

PDF - pt